Manifesto da Soama impede feira de filhotes

Manifesto da Soama impede feira de filhotes no Iguatemi

por Marcelo Aramis

Um manifesto da Sociedade Amigos dos Animais (Soama) interrompeu as negociações do Shopping Iguatemi para realizar uma feira de filhotes. A carta, que pode ser lida abaixo, associa este tipo de evento aos maus tratos aos animais, ao incentivo à compra irresponsável e por impulso e aos prejuízos à saúde pública.

Conforme a diretora de marketing da Soama, Natasha Oselame Valenti, que emitiu o documento, a Soama tomou conhecimento da feira através de um contato com a Total Alimentos, fabricante de ração em Minas Gerais.

“A Total Alimentos entrou em contato para fazer uma parceria com a Soama. Eles nos disseram que participavam de uma parceria com o Iguatemi para trazer uma feira de filhotes em agosto. Eu liguei no SAC do shopping e eles confirmaram”, conta Natasha.

Natasha escreveu uma carta para o shopping e buscou apoiadores ao manifesto via e-mail e nas redes sociais. Na manhã da quinta (28) recebeu uma ligação do shopping informando sobre o cancelamento da feira.

“Todo mundo participou. Estou muito feliz. Isso mostra que juntos conseguimos alcançar nossos objetivos”, comemora.

Conforme o Iguatemi, que se manifestou via assessoria de imprensa, não havia uma data marcada para a realização da feira. O shopping estava sendo consultado para a realização do evento e, após receber o manifesto da Soama, decidiu, na manhã desta quinta (28), desistir das negociações.

Leia abaixo o manifesto da Soama

Aos representantes do shopping Iguatemi Caxias,

Ao sabermos que o shopping pretende realizar uma feira de venda de filhotes em agosto, gostaríamos de nos manifestar.

Se para muita gente parece estranha a ideia de ter um animal de estimação que não tenha sido comprado, queremos aqui demonstrar que estranho é justamente comprar animais.

Se entendermos que animais não são mercadorias, mas seres capazes de sentimento, que têm necessidades de amar e de serem amados, concordaremos que não há sentido em se comprar animais.

Há uma cruel tradição humana de entender que animais são coisas, são produtos, são fonte de renda e de lucro. O comprador de animais em feiras de filhotes muitas vezes não tem consciência disso, assim como desconhece a quantidade imensa de animais que aguardam adoção ou morrem nos canis municipais do Brasil.

Por outro lado, as pessoas desconhecem o que é um criadouro. Em geral, pouco se conhece dos criadores, pois nas feiras, vêem-se apenas os filhotinhos. E quem resiste a um filhotinho? Ainda mais se puder parcelar em cinco vezes…

Existe uma verdadeira Indústria de filhotes, que lucra mediante o sofrimento dos animais. O Movimento de Proteção Animal em todo o país recebe um número cada vez maior de denúncias contra criadores.

As fêmeas são chamadas de ‘matrizes’ numa clara evidência de que se trata de um ‘negócio’. Essas fêmeas têm filhotes após todos os cios. Quando as fêmeas envelhecem e não servem mais como reprodutoras, muitas vezes são abandonadas ou sacrificadas. Acontece o mesmo com os machos velhos que são usados em exposições. Além disso, como frequentemente é feito cruzamento entre parentes, nascem animais com problemas físicos, que também são abandonados, por não possuírem valor comercial.

Não aumente o problema, ajude a diminuí-lo.

Animais em feiras são comprados muitas vezes por impulso, abandonados e quem permite que estas feiras aconteçam são coniventes com a situação de saúde pública que Caxias enfrenta. Caxias do Sul tem discutido recentemente na mídia e no poder público a responsabilidade social para com o problema dos animais de rua. Ficará muito chato para o Iguatemi não contribuir para melhorar a situação de nossa cidade.

Porto Alegre criou uma lei que dificulta tanto as feiras de venda de animais, que elas não acontecem mais. A Soama entregou esta mesma lei para um vereador caxiense.

As feiras de filhotes visam lucro, vendem animais doentes, traumatizam crianças, incentivam a compra por impulso, não trazem nada para Caxias do Sul, nem ao mesmo contribuem para com os criadores honestos cadastrados no Kennel Club de Caxias do Sul.

Além disto, foram as feiras de venda de filhotes que trouxeram para nossa cidade doenças como cinomose e parvovirose.

Agradecendo a atenção

Natasha Oselame Valenti

Diretora de Marketing da SOAMA

Leia e assine:

Um comentário:

Ted Ben disse...

Belo blog. Continuem assim, informando e amando.

Receba novidades por e-mail: